Tecnologia a serviço da saúde: com a ajuda de aplicativos, você pode se alimentar melhor

A gente sabe, ouve nos noticiários, vê nas revistas: se alimentar bem é importante em qualquer idade, em qualquer local ou situação. Mas a verdade é que nem sempre é fácil, certo? Ainda mais quando a correria do dia a dia faz com que nos esqueçamos de pequenos hábitos saudáveis, como tomar água, por exemplo. Se existe, no entanto, uma coisa que é mais difícil de esquecer, é o celular. E por que não usá-lo como aliado na hora de comer? É isso que prometem alguns aplicativos disponíveis no mercado.

Não importa se você quer fazer uma dieta, pretende ingerir mais alimentos naturais por questões de saúde ou gostaria apenas de conhecer novas opções. A lista de apps é bem variada, com funções abrangentes e para públicos diferentes.

O TecnoNutri (Android e iOS), por exemplo, é uma espécie de assistente de dieta. Com ele, dá para acessar uma lista com os valores nutricionais de mais de 2000 alimentos, além de ser possível traçar uma meta de ganho ou perda de peso. À medida que você insere suas pesagens, o app cria um gráfico para que você possa avaliar seu progresso. Ele ainda te lembra quando comer, e é possível usá-lo como se fosse um diário. Registrando tudo o que você come, o app acompanha sua meta diária de nutrientes.

Já o NutraBem (Android e iOS) tem a vantagem de ser voltado especificamente ao público brasileiro. Criado pelo Instituto Nutra e Viva, ele dá dicas de alimentos que fazem parte de um mesmo grupo e que têm o mesmo...

valor nutricional, para que você faça substituições no prato sem perder em nutrientes. Tem uma seção exclusiva de dicas de nutricionistas e receitas, e ainda faz um perfil do usuário, com o objetivo de ajudá-lo a fazer escolhas mais adequadas. Se você se consulta com um nutricionista, também pode exportar os dados inseridos no app para impressão.

Como complemento, um app para lembrar da importância de se beber água. O Hydro Beba Água (Android) calcula, a partir do seu perfil (peso, sexo, atividades físicas), o quanto de água é preciso beber por dia. É possível registrar o que você ingere ao longo das horas, para não se perder na conta, ou ainda colocar alarmes, para não esquecer nunca de se hidratar.

Todos esses apps são bastante úteis no cotidiano, mas é preciso avisar: nenhum deles substitui um nutricionista.

Fonte:Rolling Stone Brasil



Mude para versão para dispositivos móveis deste site