‘Dumbo’ fica em 1º lugar na América do Setentrião, mas tem bilheteria aquém da esperada | Cinema


O filme “Dumbo”, da Disney, teve uma largada discreta na bilheteria norte-americana. O remake com atores do diretor Tim Burton estreou com US$ 45 milhões em 4.259 cinemas na América do Setentrião, aquém das expectativas antes do termo de semana.

Embora o número tenha sido suficiente para asseverar a liderança na bilheteria, nascente foi o pior primórdio entre os remakes com atores de desenhos clássicos da Disney.

Em confrontação, a “Bela e a Fera”, de 2017, estreou com US$ 174 milhões, “Mogli”, de 2016, abriu com US$ 103 milhões e “Cinderela”, de 2015, com US$ 67 milhões.

  • G1 JÁ VIU: ‘Dumbo’ tem mais venustidade que coração, mas é melhor de Tim Burton dos últimos anos

Antes do termo de semana, esperava-se que “Dumbo” superasse US$ 50 milhões nos três primeiros dias depois da estreia.

Mas por que o elefantinho foi mal?

Secção do motivo pelo primórdio recatado é provavelmente porque o estampa “Dumbo” original estreou 80 anos detrás, fazendo com que o adorável elefante seja um pouco menos relevante do que clássicos porquê “A Bela e a Fera” e “Mogli”, dois grandes sucessos para o estúdio.

“Dumbo” teve um orçamento de produção...

de US$ 170 milhões. O elefante voante terá que repercutir em outros países, caso “Dumbo” não pegue embalo na bilheteria doméstica.

O filme foi lançado na maioria dos territórios internacionais neste termo de semana, conseguindo US$ 71 milhões, e um primórdio em todo mundo de US$ 116 milhões.

Trailer de 'Dumbo'

Trailer de ‘Dumbo’



Nascente Notícia -> :Fonte Notícia



Mude para versão para dispositivos móveis deste site